Revista / A Cruz vem antes do Nada!

A Cruz vem antes do nada!

Por-tanto…

Toque no que você queira, mas não toque no significado da Cruz!

A Cruz não é um dogma.

A Cruz é a fé revelada.

A Cruz é o mistério que nos foi dado a conhecer como misteriosa e indiscernível revelação.

Toda fé sem a Cruz é crença… É apenas crucificação…

É a Cruz que dá sentido a tudo.

Afinal, quando se diz que o Cordeiro de Deus foi imolado antes da criação de qualquer coisa, ente, mundo ou realidade, se afirma que o Cordeiro — que é Deus de Deus em Deus e para Deus —, imolou-se por tudo o que seria criado; pois, sem a liberdade em todos os níveis que se deriva do Cordeiro, o que se criava não existiria com todas as alternativas do existir; e, portanto, não seria criado aberto a todas as possibilidades da liberdade, fosse a fortuita; ou seja a liberdade exercida como consciência, certo ou errado.

Assim, no Cordeiro em Quem todas as coisas foram criadas, tudo já o foi sob o signo do perdão e da redenção de tudo o que pudesse sair do caminho original da criação que é amor.

É da Cruz que procede toda explosão original que deu início a este e a todos os universos possíveis!

Caio

7 de janeiro de 2013 – Lago Norte – Brasília – DF

caiofabio.net